sexta-feira, março 09, 2007

Musgo

Quem não sabe o que é o musgo?
Toda a gente sabe o que é o musgo.

Eu tenho uma frase...costumo dizer que é quando temos musgo a crescer no carro que sabemos que temos que trocar as borrachas.
É querida.
Resumimos assim todo um problema algo dispendioso e nem precisamos de mencionar a idade do carro.
Tem musgo, pronto.

Image Hosted by ImageShack.us

Mas a questão não é tão linear como parece.
O musgo é uma planta, uma planta é um ser vivo e este ser vivo escolheu o meu carro para passar o inverno.
Igualmente querido.
Não são todos os seres vivos que escolhem o meu carro para passar o inverno e este, ainda assim, já o escolheu pelo menos 2 vezes.

É certo que não fez perguntas, nem o habitual "Posso?", limitou-se a entrar e deixou-se ficar por ali.
Não critica a musica nem o estilo de condução, não faz barulho e ainda liberta oxigénio.
Queria a Ambi Pur saber fazer disto.

Eu percebo que não seja muito normal, mas como posso eu recusar uma presença destas?

Há quem lhe chame desleixo.
Eu prefiro chamar-lhe .

6 comentários:

Lemos disse...

Apenas quero dizer que aparecer musgo no teu carro não é algo que me espante muito. Ficaria surpreendido se fossem cogumelos, pois é algo muito mais nobre e rentável.
Abraço e continua escrever.

sofya disse...

o zé é tão bom companheiro!!!
já pra não falar do chico (mas esse costuma estar mais do teu lado, não tenho assim tanta confiança com ele) ;D

ڪlicKмΛη disse...

Xiiii! O Zé!!! Já não via esse gajo desde os laboratórios de Máquinas Eléctricas à 2 anos atrás!!!

Esse gajo é um porreiro! Não fala muito, é verdade! Mas também, o que que se podia esperar de um bocado de musgo numa borracha de uma janela???

Relativamente a trocares a borracha, para além de ser um acto cruel para com um amigo, é também uma infracção directa de artigo 154/33 de 1978 do código penal, relativamente ao decreto sobre abuso de poder por parte dos senhorios. Além do mais, segundo a nova lei de arrendamento, os senhorios são obrigados a fazer as obras necessárias para o bem estar dos inquilinos, e pelo que vejo na fotografia, essa janela está mesmo a precisar de remodelações...

E tenho dito

Arya disse...

awww! agora não te atrevas a raspar o Zé!!!

hanamarke5 disse...

Olha o Zééé!!! =p Kd xegar o natal podes faze o presépio à janela =)

Ads disse...

lemos: cogumelos, hein? Humm...bom, verdade seja dita, nunca desmontei o banco da frente...
;)

sofya: o chico é igualmente boa pessoa, acredita, mas as ultimas chuvas não foram à medida dele...os próximos dias poderão ser determinantes, no pior dos casos vemo-lo para o ano!
:P

Slickman: há 2 anos ele era mais timido, hoje em dia não há quem o apanhe.
Já várias pessoas invocaram o artigo 154/33 de 1978 e ele diz também que a situação viola o 166/45 de 1986. Não sei, acho suspeito um bocado de musgo saber tanto acerca do assunto...de qualquer maneira ele fica ali.
Se entretanto aparecer uma janela melhor ele é livre de mudar - só tem de avisar 15 dias antes!
:D

arya: raspar? Nunca!
No máximo pedia-lhe que abandonasse o local, pelas 'raizes' dele, que eu não sou um sujeito violento!
;)

hanamarke5: não tinha pensado nisso, tá bem visto! Amanhã já lhe falo no assunto, se ele puder está convidado. Sabes o que ficava igualmente catita? Azevinho.
Será que ele aguenta nas borrachas de uma janela?
:D